Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 19 de Novembro de 2018, 21h52   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Bando troca tiros para resgatar preso na UPA; agente e 4 são baleados lista e vídeo

151 visualizações

Lana Motta, Bárbara Sá e Patrícia Sanches

 

Arquivo pessoal

Jos� Edmilson Bezerra Filho

José Edmilson Bezerra Filho, estava preso no antigo Carumbé e foi levado à UPA 

Bandidos fortemente armados invadiram a UPA da Morada do Ouro em Cuiabá na tarde desta terça (13). O objetivo era resgatar um bandido que estava sendo atendido na unidade hospítalar. Segundo o presidente do Sindspen João Batista, na operação de resgate os agentes prisionais reagiram, houve troca de tiros e um deles foi baleado.

Há ainda informação de que uma enfermeira também foi ferida e levada às pressas para o Pronto Socorro. Trata-se da enfermeira Rosimeire que trabalha na classificação de risco da unidade.

Segundo João Batista, o agente prisional também foi levado para o Pronto Socorro, após ser atingido na perna. Ao todo, 5 pessoas foram atingidas pelos disparos, entre elas 1 bebê e 2 pacientes.

Consta que a tentativa de resgate do preso foi frustrada e os policiais já estão à procura dos bandidos que participaram da operação. O objetido da ação era resgatar José Edmilson Bezerra Filho que está preso no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), antigo Carumbé. O resgate aconteceria enquanto ele estava sendo atendido na unidade de saúde.

No armamento usado pelos bandidos há uma 380 e uma pistola 9 milímetros. Pelas imagens de câmeras de segurança de residências da região, três elementos teriam fugido a pé da UPA após a frustrada tentativa de resgate. 

As vítimas da troca de tiros são: o agente prisional Dirley de Pinho Pedro, que teve 2 perfurações na perna; o bebê de 6 meses Vitor Hugo Camargo Martins, que teve 1 perfuração nas costas e 1 na mão; a mãe da criança ‎Estefani de Camargo Santos, 22 anos, que teve 1 perfuração no braço esquerdo; ‎e Dayana da Silva Romao, 33 anos, que foi atingida no tórax pelos disparos, mas não se sabe com quantas perfurações.

A quinta vítima relatada é a enfermeira ‎Rosimere Sousa da Silva, 51 anos, que teve 1 disparo na perna. Ela já deu entrada na sala de cirurgia e não corre risco de morte.

Profissionais que trabalham na unidade de saúde relatam que no local não há policiamento. O local também não têm câmeras de segurança.

Veja, abaixo, a lista dos feridos:

Dirley de Pinho Pedro, 34 anos - 2 perfuração na perna (Agente Prisional)

Vitor Hugo Camargo Martins, 6 meses - 1 perfuração nas costas e 1 na mão (paciente)

Estefani de Camargo Santos, 22 anos - 1 perfuração no braço esquerdo (mãe da criança)

Dayana da Silva Romao, 33 anos - Disparo no tórax, não sabe quantas perfurações (paciente) 

‎Rosimere Sousa da Silva, 51 anos - 1 disparo na perna (enfermeira)