Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 12 de Novembro de 2019, 07h34   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Bolsonaro no DEM?

119 visualizações
Fonte: Terra

CANSAÇO O presidente Jair Bolsonaro tem demonstrado certo desapontamento com o PSL (Crédito: Alan Santos/PR)

Insatisfeito com o comportamento de alguns parlamentares do PSL, o presidente Jair Bolsonaro tem confidenciado a assessores que pode mudar-se para o DEM. Ele reclama que o PSL não defende seus projetos como deveria e muitos parlamentares trabalham contra suas decisões. O caso mais visível aconteceu com a MP 870, que determinou a reestruturação administrativa de seu governo, com a redução de 29 para 22 ministérios, mas, sobretudo, com a transferência do Coaf para a Justiça. Na negociação para o Senado manter a decisão da Câmara sobre a MP, mesmo tirando o Coaf de Moro, devolvendo-o ao ministro Paulo Guedes, teve senador do PSL que insistia em desfazer esse acordo, colocando em risco a redução dos ministérios. Bolsonaro estrilou.

Cabeçadas

Não é de hoje que o PSL impõe dores de cabeça a Bolsonaro. Em fevereiro, o presidente do partido, Luciano Bivar, votou contra o governo na Lei de Acesso à Informação. E, agora, há deputados do PSL pressionando o presidente a sancionar a lei proibindo o pagamento de bagagens nos aviões, enquanto as empresas pedem que o governo vete a medida.

Retaguarda

Bolsonaro entende que terá compreensão maior se for para o DEM, de onde são três ministros de seu governo: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Tereza Cristina (Agricultura). Todos, aliás, fazem um bom trabalho. Esse, inclusive, é outro ponto de atrito: por que o PSL não tem nenhum ministro e o DEM tem três?

Pombo correio

RICARDO MORAES

Lula, que já poderia cumprir a pena no regime semiaberto, mas com tornozeleira, diz que se for assim ele prefere ficar preso. “Tornozeleira é para ladrão ou pombo correio.” Realmente, o ex-presidente não é pombo, pois já teria voado da cela. Já ladrão, ninguém tem dúvida: ele foi condenado a 21 anos de cadeia por ter roubado dinheiro dos cofres da Petrobras.

Rápidas

* A CGU descobriu nova farra com o dinheiro público. Desta vez foi no seguro defeso, benefício pago aos pescadores que não podem trabalhar por causa da piracema. Cerca de 25% dos 2.400 pescadores que recebem o seguro nem vivem da pesca.

* No dia em que teve o celular hackeado, Moro esteve no Paraguai, conhecido por abrigar criminosos de todo tipo. Ele deu a largada na Operação Alianza, celebrada entre a PF e a Senad paraguaia, para a erradicação de plantações de maconha.

* O deputado Gil Diniz (PSL-SP) foi derrotado por ISTOÉ na Justiça. Ele entrou com ação por danos morais contra esta coluna, mas a juíza Fernanda Bofarine Deporte, da 1ª Vara Cível da Lapa, deu ganho de causa à revista.

* Diniz pediu indenização porque a coluna afirmou que ele enganou Bolsonaro ao não revelar suas ligações com uma central sindical filiada ao esquerdista PCO. A coluna provou o que publicou.