Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 15 de Dezembro de 2018, 18h48   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Neri apoia Diego no Intermat e Ezequiel quer ?distância de Taques

78 visualizações
Fonte: HiperNoticias

Por: FELIPE LEONEL

O ex-secretário de Política Agrícola  do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, afirmou que o vereador por Cuiabá, Diego Guimarães (PP) vai fazer um “grande trabalho” a frente do Instituo Mato-Grossense de Terras (Intermat). Diego foi convidado por Taques na semana passada e a nomeação é dada como certa pelos progressistas.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

neri geller

 

Deverá assumir o lugar dele na Câmara de Vereadores de Cuiabá, o presidente do Progressistas Municipal, Demilson Nogueira. “Foi um convite pessoal do governador ao vereador Diego. Ele conversou com todas as lideranças, está muito pacificado dentro do partido e eu tenho certeza, vai fazer um grande trabalho junto ao Intermat”, disse Neri Geller nesta segunda-feira (16).

 

Neri ainda negou uma suposta articulação para ele ser pré-candidato a vice-governador, na chapa encabeçada pelo atual governador Pedro Taques (PSDB). O ex-secretário deixou o cargo no dia 6 de abril e garante disputar o cargo de deputado federal. Neri ainda lembrou que vereador é egresso de Guarantã do Norte, município do extremo Norte do Estado.

 

“Ele é credenciado, o pai dele foi prefeito de Guarantã do Norte e mexeu muito nessa questão agrária. O Diego também tem formação profissional nessa área, ele vai ser um quadro importante. E consultou todas as lideranças e não teve nenhuma objeção”, complementou Neri Geller aos jornalistas.

 

O presidente do Progressistas em Mato Grosso, Ezequiel Fonseca, também não colocou nenhum óbice a ida do parlamentar para o Governo do Estado. Se a indicação sinaliza uma aproximação do Progressistas com Taques, por outro lado, fortalece a base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na Câmara de Vereadores de Cuiabá.

 

Diego é um dos principais oposicionistas a Emanuel e entrou em rota de colisão algumas vezes com o Diretório Municipal por se comportar como oposição. Ele entrou com um pedido na Justiça para anular o ato de nomeação dos membros da CPI do Paletó, Adevair Cabral (PSDB) e Mário Nadaf (PV), ambos base de Emanuel.

 

A CPI investiga suposto recebimento de propina por parte do prefeito quando era deputado estadual. Os vídeos foram divulgados em rede nacional em agosto de 2017. O dinheiro era entregue pelo ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa (sem partido), Silvio Cezar, no Palácio Paiaguás. A CPI está suspensa por decisão da Justiça.

 

Um relatório deveria ser elaborado e votado em 15 dias. Questionado sobre a possibilidade de Guimarães assumir uma pasta no Governo, Ezequiel se limitou a dizer que orienta os seus liderados a “manter distância de Taques”. “Enquanto eu estiver na liderança, a orientação é de estar longe do governador Pedro Taques. Agora eu sou um só voto aqui”, finalizou Ezequiel.