Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 15 de Dezembro de 2018, 21h11   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Organizadores cumprem exigências e show gratuito de Marília Mendonça no Parque das Águas é liberado

16 visualizações

Fabiana Mendes

05 Dez 2018 - 18:00

 

Foto: Raphael Castello/AgNews

Organizadores cumprem exigências e show gratuito de Marília Mendonça no Parque das Águas é liberado
O show da cantora sertaneja Marília Mendonça, que havia sido interditado pelo Corpo de Bombeiros, nesta quarta-feira (5), foi liberado por volta das 18h15. O evento deve iniciar às 19h, no Parque das Águas, em Cuiabá, e faz parte do projeto "Te vejo em todos os cantos” e foi anunciado ‘de surpresa’ na manhã de hoje. 

Segundo assessoria do Corpo de Bombeiros, a interdição foi anunciada à organização às 15h17 e, após o cumprimento de exigências de segurança, Mendonça garantiu a apresentação na capital de Mato Grosso.
 
Marília Mendonça é um dos principais nomes do sertanejo na atualidade. Com o estilo ‘sofrência', ela tem carregado multidões por onde passa. Em Cuiabá, a presença anual é quase que garantida com o show ‘Festa das Patroas', onde já se apresentou diversas vezes.

Leia Mais:
Marília Mendonça, Maiara e Maraísa panfletam sobre show no Parque das Águas em praças de Cuiabá

Em nota sobre a interdição, o Corpo de Bombeiros informou que “a Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico (DSCIP), realizou uma vistoria no local, onde a montagem do palco para apresentação da cantora Marília Mendonça já estava avançada.

Diante da inexistência da solicitação de realização de evento com aglomeração de público, a DSCIP interditou a montagem do palco”. No entanto, os organizadores, segundo os bombeiros, "cumpriram as exigências",  e o evento foi liberado.

O receio era quanto ao potencial de atração de atração de grande público. A estrutura apresentada não previa formas de controle de acesso ou limitação de público, criando o risco de acidentes que envolve aglomerações. A medida do CBM visa evitar transtornos maiores de forma preventiva.

O Major Cavalcante, diretor adjunto da DSCIP, informou que o CBM deu um prazo para os realizadores apresentarem o projeto do evento e adequarem as condições da estrutura para que fosse possível a realização do show. A Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico (DSCIP) orientou a equipe da cantora sobre as especificações e aguarda para nova vistoria.