Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 18 de Outubro de 2018, 02h15   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Projeto fomenta mato-grossenses e turistas a conhecer as belezas

42 visualizações

Apresentar as belezas naturais e a diversidade de Mato Grosso ao mundo, fomentando o turismo no estado, é o principal objetivo do Explore MT, projeto criado pelo Vereador Felipe Wellaton, que viajou 5 mil quilômetros em Mato Grosso, e contemplou os três biomas do estado (Pantanal, Amazônia, e Cerrado).

O projeto veio do sonho de descobrir e estudar as regiões de Mato Grosso. “Por que viajar o mundo, se no meu estado há um continente para ser explorado?”, questionou o Vereador, ressaltando que escolheu o período de férias para investir neste fomento, e conhecer o estado além de fotografias, vídeos e relatos.

“Foi uma escolha conhecer o Mato Grosso. Eu poderia ter escolhido qualquer lugar para ir durante as minhas férias, mas eu quis viver essa experiência, para poder repassar.”

Todo o percurso foi registrado, e resultou no documentário ExploreMT, com mais de 60 horas de gravação, que serão editadas e transformadas em vários vídeos, com o intuito de gerar o desejo, nos mato-grossenses, e nos turistas brasileiros e estrangeiros, de conhecer o Estado.

“O turismo é a economia verde, uma verdadeira indústria sem chaminé. Além de abrir novos postos de emprego, permitir o aumento da renda dos moradores, movimentar o comércio e girar economia local, a atividade turística traz consigo investimentos em infraestrutura, transporte e oportunidades de qualificação para os trabalhadores. E o mais importante, para que o ecoturismo seja forte, nossas fauna e flora e águas precisam estar preservadas”.

Esta é a primeira parte do Explore MT. Segundo o vereador, mais cidades mato-grossenses, como Poconé, Nobres, Jaciara, Chapada dos Guimarães entre outras, serão percorridas para dar continuidade ao projeto.

“Mato Grosso é continental, é impossível passar por todos os pontos importantes em apenas quinze dias de estrada. Ainda temos muito mais para descobrir em nosso estado”, finalizou Wellaton.