Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 19 de Novembro de 2018, 21h54   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Senador de MT é cotado para presidir Congresso com apoio de Bolsonaro

68 visualizações

Senador entre 2007 e 2015, Jayme Campos tem prestígio junto a políticos do DEM e de outros partidos

Da Redação

 
 
 
 
vitoria-jaime.jpg
 

 

O senador eleito por Mato Grosso, Jayme Campos (DEM), vem sendo cotado para assumir a presidência do Senado e, por consequência, de todo o Congresso Nacional no próximo ano. A possível candidatura de Jayme à presidência do Congresso foi levantada nesta quinta-feira (8) pela Globonews.

Ao citar a possibilidade de o democrata assumir a presidência da Casa, a GloboNews citou sua proximidade com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), a quem apoiou nas eleições deste ano. Além disso, o presidente eleito teria simpatia pela eleição de um membro do DEM para a presidência do Senado.

 

O partido terá 6 parlamentares na bancada da próxima legislatura, mas não encontra dificuldades em compor com outras legendas, já que é considerado do “centrão”. Campos foi senador entre 2007 e 2015 e tem prestígio junto ao diretório nacional do DEM e a políticos de outros partidos.  

Campos foi eleito em 7 de outubro deste ano com a 2ª maior votação para o Senado em Mato Grosso. Ele recebeu mais de 490 mil votos, ficando atrás apenas da ex-juíza Selma Rosane Santos Arruda (PSL), que recebeu mais de 600 mil votos.

As articulações para a Mesa, tanto da Câmara quanto do Senado, tem se intensificado nesta semana, quando o presidente eleito foi pela primeira vez a Brasília após ser eleito no 2º turno. Bolsonaro deve participar das articulações, já que não tem interesse em enfrentar resistência  no Senado logo no início da gestão.