Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 26 de Agosto de 2019, 06h17   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

VÁRZEA GRANDE: Vereador Rodrigo Coelho defende retomada das obras do VLT

286 visualizações

O vereador por Várzea Grande Rodrigo Coelho (PTB) voltou a defender a retomada das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT, nesta sexta-feira (28), durante visita in loco, ao terminal e barracão onde se encontram guardados os vagões em Várzea Grande,

Paralisado desde 2014, estando judicializada após delação do ex-governador Silval Barbosa, que relatou suposto pagamento de propina para implantação do modal, o vereador Rodrigo Coelho voltou a defender a retomada das obras VLT,

Atuando na defesa do projeto desde 2015,  Rodrigo Coelho disse que as suspeitas de irregularidades já estão sendo investigadas pelos órgãos competentes, mas que as questões judiciais não podem impedir a execução da obra.

Em maio deste ano, o parlamentar organizou uma palestra, ministrada pelo coordenador do movimento pró-VLT, Vicente Vuolo, defendendo a retomada das obras. Na mesma semana, o Tribunal de Justiça manteve a rescisão do contrato do Estado com o Consórcio VLT, situação que permite ao Governo, fazer uma nova licitação. Entretanto, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) anunciou, por meio de nota divulgada no dia (06.06), que decidirá em 30 dias os próximos passos e o destino do modal.

Diante da declaração e após visita in loco, Coelho disse acreditar que o governador terá pulso firme para encontrar a melhor alternativa na definição do imbróglio: “Tenho certeza que o governador experiente como é , conduzira de uma forma consciente. Abandonar o projeto, não significa apenas prejuízos financeiros, mas findar o progresso do Estado. O Executivo Estadual precisa avaliar que não adianta crucificar um modal praticamente pronto por causa de incompetência de gestões passadas e corrupção, isso quem vai cuidar é a justiça”, destacou Coelho.

“A população precisa saber que já foram gastos R$ 1,066 bi, deste valor, foram adquiridos 40 trens, equipamentos de sinalização, 55 km de trilhos para implantação, aparelho de mudança de via, equipamentos de controle de estações, três estações de energia elétrica implantadas e o Estado ainda possui guardados no Centro de Manutenção, os equipamentos para a instalação de mais 9 subestações, das 12 previstas no projeto.”

Rodrigo Coelho também pontuou que grande parte das obras necessárias para implantação do modal já foram concluídas ou se encontram em processo de conclusão nas principais avenidas de Cuiabá e Várzea Grande. “Foram concluídas a ampliação da ponte Júlio Müller entre Cuiabá-Várzea Grande, o viaduto do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, o viaduto no entorno da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o viaduto na região da Sefaz. Encontram-se parcialmente concluídos, ou em fase final de conclusão, a estação localizada em frente ao aeroporto, o viaduto na saída para o município de Santo Antônio de Leverger, a trincheira Luiz Felipe – na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, a passagem da Trigo de Loureiro – na Avenida Miguel Sutil ente os bairros Consil e Araés, bem como o Canal da Prainha”, cita o parlamentar.

Fonte: Da Redação - Portal da Politica MT