No município de Poconé, algumas jovens, entre elas menores de idade e moradoras do município pantaneiro estão sendo vítimas de crime virtual. As meninas tiveram suas fotos capturadas de seus perfis nas redes sociais e espalhadas em forma de vídeo pelo aplicativo WhatsApp em de maneira difamatória.

O título do vídeo usa palavras de baixo calão e começou a circular pela rede social nesta semana. Uma das vítimas foi pega de surpresa ao receber em seu aparelho celular o conteúdo que consta sua foto.

A divulgação dos vídeos gerou alvoroço nas redes sociais. Uma jovem chegou a fazer uma gravação falando da situação e inclusive citando providencias que estariam sendo tomadas, em busca de nomes de quem seria ou os prováveis responsáveis pelos vídeos. 

A polícia está de posse do vídeo e trabalha com uma linha de investigação que deverá identificar os suspeitos pelo crime.

O Site Poconet teve acesso ao vídeo, mas devido o conteúdo inapropriado, o portal ser reservou no direito de não publicação.

Crime Virtual:

A produção e o compartilhamento de conteúdo difamatório é crime no Brasil e as penas podem chegar a quase 3 anos. Esses crimes são previstos e tipificados pelo Código Penal e pelo Código Eleitoral.