Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 17 de Outubro de 2018, 11h10   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Atual senador José Medeiros foi eleito Deputado Federal pelo PODEMOS

Bancada federal terá 9 novos nomes a partir de 2019

315 visualizações
Por: Assessoria
Fonte: Revista 4º Poder
Foram demitidos pelo povo - Valtenir Pereira (MDB), Ezequiel Fonseca (PP) e Victório Galli (PSL). Não disputaram - Fábio Garcia (DEM) e Ságuas Moraes (PT); Perderam para o Senado - Nilson Leitão (PSDB) e Adilton Sachetti (PRB) (ambos não tentaram se reeleger ao Deputado Federal).
Nelson Barbudo e Carlos Bezerra
Nelson Barbudo e Carlos Bezerra

Muita gente está arrumando as malas em Brasília.

Na Câmara dos Deputados, dos quatro parlamentares de Mato Grosso que tentavam a reeleição, apenas Carlos Bezerra voltará ao plenário Ulisses Guimarães.

Valtenir Pereira (MDB), Ezequiel Fonseca (PP) e Victório Galli (PSL) ficaram de fora.

Fábio Garcia (DEM), Ságuas Moraes (PT), Nilson Leitão (PSDB) e Adilton Sachetti (PRB) não tentaram se reeleger ao cargo.

Portanto a partir de 1º de fevereiro de 2019, a bancada federal de Mato Grosso terá nove novos nomes no Senado e na Câmara dos Deputados.

Dos atuais 11 parlamentares, apenas o senador Wellington Fagundes (PR) e o deputado federal Carlos Bezerra (MDB) permanecerão nos próximos quatro anos.

Eleitos:

Foram eleitos, além de Bezerra, Juarez Costa (MDB), Rosa Neide (PT), Dr. Leonardo (SD), Neri Geller (PP), Emanuelzinho (PTB), José Medeiros (Podemos) e o mais votado deles, Nelson Barbudo (PSL).

No Senado Federal, Wellington Fagundes, que disputou as eleições para o Governo do Estado, volta para os quatro anos restantes de seu mandato. Os atuais senadores, José Medeiros e Blairo Maggi (PR), darão lugar a Selma Arruda (PSL) e Jayme Campos (DEM).

Ao contrário da posse para o Governo do Estado, os deputados federais e senadores eleitos por Mato Grosso assumem o mandato apenas em 1º de fevereiro de 2019.