Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 22 de Setembro de 2018, 09h54   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Walney Rosa indica homenagens pelo dia do lambadão

Câmara realizará sessão solene pelo dia do lambadão

342 visualizações
Por: Rildiam Lopes
Fonte: Revista 4º Poder
Dia 10 de Setembro, aniversário do saudoso Chico Gil, comemoramos o Dia do Lambadão
Cantor Chico Gil
Cantor Chico Gil
Foto de Benedito Policarpo - Capa CD 1999

Foi em Poconé que nasceu o lambadão, ritmo que contagiou o estado e várias partes do país.

No ano passado uma iniciativa do vereador Walney Rosa do Partido Verde, fez com que o LAMBADÃO DE POCONÉ, bem como suas manifestações artístico-culturais, fossem elevados à condição de patrimônio cultural imaterial dentro do município de Poconé.

Em seguida o vereador encaminhou para Câmara de Vereadores de Cuiabá, ao seu amigo de partido, Vereador Mário Nadaf, a mesma sugestão de lei, para que a mesma lei fosse aprovada na capital do estado.

Walney agora pretende encaminhar a proposta para assembléia legislativa do estado para que o dia do lambadão seja comemorado em todo Mato Grosso.

 

DIA DO LAMBADÃO:

Outra iniciativa do vereador Walney Rosa, com aprovação por unanimidade de todo os vereadores, com anuência da Mesa Diretora, marcou a realização de uma Sessão Solene pelo dia do Lambadão em 10 de setembro de 2018, segunda-feira, as 19 horas, no plenário da Câmara Municipal dos Vereadores.

MOÇÃO DE APLAUSO:

Pela comemoração do Dia do Lambadão, a Câmara Municipal de Poconé, aprovou a iniciativa do Vereador Walney ao apresentar Moção de Aplauso a todos os propagadores e divulgadores do lambadão de Poconé.

“É salutar reconhecer o empenho de inúmeras pessoas pelo surgimento e perpetuação desse ritmo genuinamente poconeano”, defendeu o vereador.

Além das homenagens - In Memorian - ao Rei do lambadão Chico Gil, oferecidas a família do saudoso cantor, serão convidados para o evento sendo dado conhecimento da Moção às Bandas de lambadão de Poconé: Nova Estrela Dalva, Nova Versão, Nova Geração, Banda Vegas, Banda Sol, Grupo Sem Limites, Banda Novo Astral, Banda Hits, Banda Flor de Liz. Aos vocalistas de lambadão de Poconé: Marco Levi, João Bosco, Jesuino, Zé dos Teclados, Neide Santos. Aos vocalistas de lambadão em Mato Grosso: João Eloy, Roberto Lucialdo, Pescuma, Henrique e Claudinho. As Bandas de lambadão de Mato Grosso: Os Maninhos, Erre Som, Escortt Som, Banda Ellus, Amigos Banda Show, Novo Som, Os Federais, Tô Pop Som. Sendo encaminhado a Moção de Aplauso para as divulgadoras do Lambadão no Brasil: Carla Mariana Reis Moraes – Programa Encrenca da Rede TV; Cantora Ivete Sangalo.

A DATA:

10 setembro foi escolhido como dia do lambadão por ser aniversário do saudoso Rei do lambadão, Chico Gil.

O LAMBADÃO:

O Lambadão é uma dança originária de Poconé. Iniciou suas primeiras notas musicais no final da década de 80, explodindo dentro e fora do estado de Mato Grosso na década seguinte, anos 90.

Um dos clubes que levou multidões a dançarem o lambadão foi o afamado Canecão, em Cuiabá capital de Mato Grosso, por volta de 1996. Anos mais tarde, por volta de 1999, a banda Estrela Dalva se apresentou no Programa do Ratinho, SBT.

O Lambadão tem seu berço em Poconé e as grandes maças populares do Vale do Rio Cuiabá, compondo todas as cidades da região é também típico das periferias cuiabanas e das regiões ribeirinhas do rio Cuiabá.

O Lambadão foi surgindo com músicos da região: sempre tocando musicas de salão, tão quanto o rasqueado mato-grossense, esses músicos aceleraram os compassos, depois de várias metamorfoses resultou no lambadão, que por alguns têm a identidade do rasqueado elétrico.

O lambadão faz parte da identidade cultural mato-grossense, tão quanto outros ritmos, como o rasqueado, o siriri e o cururu.

Em 2017, esse ritmo completou 30 anos de seu surgimento, atravessando geração, para tanto além de elemento cultural passou a ser elemento folclórico em Poconé e no vale do pantanal nas cidades vizinhas.

O lambadão tornasse “Patrimônio Cultural Imaterial”  estando dentro de uma categoria de patrimônio cultural definida pela Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial e adotada pela UNESCO desde 2003, para elementos desta natureza.

O ‘Lambadão de Poconé’ abrange as expressões culturais e as tradições de uma geração de poconeanos que atravessou do século passado para este e continua preservando em respeito da sua ancestralidade, para as gerações futuras, seu ritmo, sua musica e sua dança.