Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 12 de Dezembro de 2017, 22h21   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Sesc Poconé traz Cida Pedrosa para o deleite dos leitores poconeanos

Poconé no roteiro internacional de literatura

743 visualizações
Por: Assessoria
Fonte: 4° Poder
A poetisa Cida Pedrosa chega ao Sesc Poconé sexta-feira, primeiro de novembro. Evento realizado pelo departamento de cultura através da biblioteca Manoel de Barros.
Poetisa Cida Pedrosa
Poetisa Cida Pedrosa

A famosa poetisa Cida Pedrosa, escritora de renome internacional desembarca em solo pantaneiro na próxima sexta-feira, 01 de dezembro.

Alguns de seus textos já foram traduzidos para o Frances e o Espanhol e outras obras se espalharam viralizando pela internet e jornais mundo afora.

Uma proposta idealizada pelo Sesc Poconé, através de seu departamento de cultura e biblioteca Manoel de Barros irá reunir aproximadamente 30 pessoas para uma mesa redonda sobre literatura e erotismo.

A noite oferecerá bate papo sobre as obras da escritora Cida Pedrosa, porém aberta para apresentações de poetas anônimos e declamações de poesias do gênero, tudo num espaço com ambiente previamente preparado a altura dos participantes em especial da grande artista.

Tudo indica que novas formulas para ir ao encontro de novos leitores e a valorização da escrita e da leitura é um processo que o Sesc irá desenvolver em Poconé. Aguardemos.

 

A Poetisa:

Nascida em 1963 em Bodocó (PE), Cida Pedrosa é poetisa, advogada e divulgadora cultural. Na década de 80, Cida Pedrosa coordenou o Movimento de Escritores Independentes de Pernambuco, que promovia recitais de rua e publicações alternativas. A escritora estreou em livro em 1982, com a coletânea de poemas Restos do Fim; O Cavaleiro da Epifania (1986); Cântaro (2000); Gume (2005); As filhas de Lilith (2009) e o mais recente livro intitulado Claranã (2015). Participou de várias antologias coletivas e contribuiu na organização de outras publicações de poesia.

Com ênfase no erotismo, os poemas falam sobre a morte, a solidão, amores, a arte, entre outros temas cativantes.

Maior reconhecimento:

A obra de maior sucesso foi sem duvida "As filhas de Lilith", relançado mais de uma vez.

O livro é composto por 26 poemas, um para cada letra do alfabeto, cada um protagonizado por uma mulher, de A a Z. Nos textos, Cida explora questões de gênero, sexo, identidade, dramas da intimidade, políticas emocionais do cotidiano.

Do livro ao Cinema:

Os poemas de Cida foram transformados em curtas metragens. As histórias poéticas foram da literatura para o cinema de Pernambuco e atravessaram fronteiras inimagináveis.

 Esta semana nosso site trará uma entrevista exclusiva com a escritora.